Data de apresentação 17/12/2021 14:00:32
 N° Processo 420/2021
 N° Protocolo 467/2021
 ID 2965
 Ementa

Que seja realizado o 2º Ano do projeto “Leitura, Câmera, Ação”, realizado em 2019 por Grupo de Mobilizadores Voluntários, em parceria com Grupo Votorantim, Prefeitura Municipal de Ibiraçu e Escolas Públicas Municipais e Estaduais. JUSTIFICATIVA: O Projeto “Leitura, Câmera, Ação! ”, objetivou difundir a percepção da importância da leitura de livros e desenvolver a capacidade de transformar o contexto de histórias em materiais audiovisuais por meio da produção de vídeos, surgiu como uma oportunidade de envolver os estudantes da rede pública em um processo de democratização cultural do cinema, com produções audiovisuais de curtas-metragens, aprimorando também suas capacidades de interpretação, escrita e sintetização. Este projeto surgiu como uma oportunidade de uma mobilização social capaz de envolver os estudantes e professores da rede pública de educação e as comunidades que interagiram diretamente com as escolas da rede pública, num processo de democratização cultural do cinema, produção de audiovisuais, curtas-metragens e promoção da leitura de livros com envolvimento regular em literaturas, bem como aprimoramento da capacidade de escrita e sintetização dos estudantes em materiais audiovisuais. Foi oferecida Oficina de instrução técnica básica, sobre história do audiovisual e produção de filmes, que contou com a presença de especialistas em cinema e arte cênicas, edição de vídeo e produção de audiovisuais. Sendo assim, a ação culminou em uma noite de cinema onde foram apresentados todos os curtas metragens produzidos no projeto. A cerimônia de premiação foi um momento de reconhecimento e valorização dos melhores curtas-metragens produzidos pela rede jovem do município de Ibiraçu . O incremento do acesso a recursos culturais de elaboração de audiovisuais, dentro da cultura do cinema, produção de filmes, dentre outros, foi alavancado consideravelmente nas escolas municipais. Os estudantes evoluíram em sua capacidade de compreensão da escrita e reprodutibilidade no desenvolvimento da escrita, bem como aspectos de socialização requeridos em trabalhos em grupo, com divisão de tarefas como gravação, construção de figurinos, atuação cênica, desenvolvimento de técnicas de articulação de expressão cultural e acesso a diversas formas literárias. Depoimentos dos estudantes mostraram que houve considerável avanço na capacidade de reprodução cultural em diferentes linguagens, maior compreensão do local onde vivem, da dinâmica social e conhecimento de valores da sociedade do município, especialmente aqueles vinculados à cultura, lazer e turismo. Nesse sentido, o prosseguimento de sua realização, ajustados ao formato de iniciativa da municipalidade, certamente será novamente um marco para a Cultura e Educação de nosso município.

 Autoria

Otávio Maioli;

  FICHA DE PROPOSIÇÃO

Anexos da Tramitação